Museu de Arte de Joinville apresenta duas novas exposições

Nesta quinta-feira (22), às 19:30 horas, duas exposições estreiam no Museu de Arte de Joinville – MAJ: Máquinas do Abismo, do artista visual, Rogério Negrão; e Jogo do Mico, da também artista visual, Cynthia Werner. Ambos os projetos têm apoio da Prefeitura de Joinville, por meio do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura – Simdec.

Composta por colagens, digitais impressas, videoarte, instalação sonora e instalação de objetos, Máquinas do Abismo foi concebida em torno da construção de máquinas imaginárias, descritas a partir de desenhos e patentes do início da Revolução Industrial.

De acordo com seu autor, Rogério Negrão, a criação de produtos industriais, o consumo de massa, as marcas como imagens mentais e símbolos de identidade, a artificialidade, a propriedade intelectual, a evolução tecnológica, e as implicações nas relações humanas, são questões retratadas na arte contemporânea e também exploradas em outras experimentações de sua produção.

Em Jogo do Mico, 32 montagens feitas a partir de aquarelas com imagens de animais, referenciam o jogo de cartas que foi muito popular nos anos de 1980 e que é nome-título da mostra.

Além de resgatar a brincadeira, a exposição terá interatividade. De acordo com a autora Cynthia Werner, cada uma das pinturas do animal inteiro é dividida em três partes proporcionais, separando cabeça, tronco e membros superiores e inferiores. Durante a mostra, as peças serão separadas, embaralhadas e reagrupadas, compondo novas criaturas.

“A montagem do trabalho permitirá que as figuras possam ser alteradas durante o período de exposição, criando novos seres através de diferentes combinações de partes, uma vez que cada montagem é o resultado de uma análise combinatória com 32 opções para cada uma das partes da pintura, resultando em 32.268 possibilidades de imagens”, explica a artista.

As mostras Máquinas do Abismo e Jogo do Mico permanecem em exposição até os dias 30 de julho e 13 de agosto, respectivamente, nos anexos 1 e 2 da Cidadela Cultural Antarctica (Rua XV de Novembro, 1383 – América). O espaço é aberto ao público de terça-feira a domingo, das 10 às 16 horas. A entrada é gratuita.

Os artistas

Nascido em Tejupá (SP), Rogério Negrão, vive e trabalha em Joinville. É designer industrial e desenvolve trabalhos em fotografia, desenho digital, vídeoarte, vídeo instalação e instalação sonora. Já participou de exposições coletivas e expôs individualmente, em Joinville.

A joinvilense Cynthia Werner é jornalista, artista plástica e mestranda em Artes Visuais pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) Cyntia Werner é natural de Joinville. Já participou de diversas exposições, entre elas 44a Coletiva de Artistas de Joinville (2015), 10o Salão Elke Hering Mostra Nacional Contemporânea de Artes Visuais, em Blumenau (2012); e foi premiada no 43o Salão de Artes de Piracicaba (2011) e na 1a Mostra de Artes Visuais de Paranaguá (2009).