INSS começa a notificar nesta sexta mais de 2 mil aposentados por invalidez para revisão dos benefícios

Nesta primeira etapa, serão convocadas pessoas com menos 60 anos e que estão há mais de 2 anos sem passar por nova perícia

0
18

A partir desta sexta-feira, o Ministério do Desenvolvimento Social começa a enviar correspondência para 22.057 aposentados por invalidez para se apresentarem a uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e passar por nova perícia. Em Santa Catarina, são pelo menos 2.025 beneficiários que serão notificados nesta etapa.

Serão chamadas pessoas com menos 60 anos e que estão há mais de 2 anos sem revisão do benefício. Caso tenha sido convocado, o beneficiário deverá entrar em contato com a central de atendimento ligando para o número 135, para confirmar uma data de agendamento da perícia.

No dia marcado, deverá apresentar documentação médica que justifique o recebimento do benefício, como atestados, laudos, receitas e exames. No caso de não atendimento à convocação ou de não comparecimento na data agendada, o auxílio pode ser suspenso até o comparecimento do interessado.

Prazo para beneficiários de auxílio-doença terminou nesta semana

Na última segunda-feira, terminou o prazo para outros 4.295 catarinenses que tiveram os nomes divulgados no Diário Oficial da União, pois os ofícios de convocação, enviados pelo INSS ao endereço registrado no cadastro do Sistema Único de Benefícios, foram devolvidos pelos Correios. Pelo 135, também é possível atualizar o endereço.

Inicialmente o prazo era até dia 5, mas foi ampliado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Eles são usuários de auxílios-doença e também não haviam passado por nova perícia nos últimos dois anos.

De um total de 28 mil auxílios-doença a serem revisados em Santa Catarina, 13,8 mil passaram por perícia no último ano e 83,3% desses foram cancelados. Outros 1,6 mil beneficiários do Estado tiveram o auxílio suspenso por não comparecimento na consulta. No total, até 14 de julho deste ano, 13,2 mil catarinenses tiveram que voltar ao trabalho desde que o Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade foi implantado.

Como funciona a revisão dos benefícios

Como serei avisado?
Aposentados por invalidez e beneficiários de auxílio-doença que estão há mais de dois anos sem perícia serão convocados por meio de carta com aviso de recebimento. Aqueles que não receberão carta, podem ter problemas no endereço cadastrado no sistema. Pelo telefone 135, é possível atualizar os dados para evitar transtornos.

O que faço para agendar a perícia?
Assim que receber a convocação, o beneficiário terá cinco dias para agendar a perícia. O agendamento deverá ser feito pelo telefone 135, da Previdência Social. A ligação de telefone fixo é gratuita e a de celular tem custo de ligação local. O segurado não precisa procurar o INSS antes da convocação.

Que documentos devo levar na perícia?
O beneficiário deverá levar seus documentos pessoais, como RG e CPF, e toda a documentação médica como atestados, laudos, receitas e exames.

E se eu faltar?
Quem não atender a convocação ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso até regularizar a situação.